Prezados Clientes, Amigos e Parceiros,

Em função da grande proliferação de informações e dados sobre a situação do Covid-19 encaminhamos o Boletim de nº 3 da P4G com um resumo das principais notícias e fatos, além de novas recomendações para você e para o seu negócio.

Nosso objetivo com esse boletim é fazer uma curadoria dos principais temas para que você se mantenha informado e esclarecido.

Esperamos que esse momento conturbado passe o mais rápido possível e possamos voltar à normalidade.

Números atualizados do COVID-19 e links essenciais

  • O Brasil conta neste momento com pouco mais de 11 mil casos de coronavírus com 486 mortes atribuídas ao Covid. 60% dos doentes estão na região Sudeste, e São Paulo é o estado com maior número de óbitos, com 275
  • No mundo, foram registrados até o momento 1,3 milhões de casos. Destes, 970 mil estão ativos, e os casos inativos apresentam taxas de mortalidade de 21% e de recuperação de 79%.
  • O USA é atualmente o país com maior número de casos de COVID-19, contanto com 350 mil casos, seguido pela Espanha – com 135 mil casos registrados – e depois Itália – 132 mil casos.
  • Para acompanhar o números da COVID-19 no mapa global interativo clique aqui.
  • Confira a curva de infectados por país clicando aqui.
  • Confira números atualizados sobre COVID-19 no Brasil fornecidos pelo Ministério da Saúde aqui.
  • Acompanhe todas as medidas de auxílio a empresas tomadas pelo Governo Federal para conter a crise clicando aqui.

Iniciativas do Governos Federal e Estadual

Highlights de Mercado

O governo federal atualizou sua previsão para o orçamento da União para um déficit de R$ 420 bilhões em 2020 – a estimativa anterior era de um déficit de R$ 120 bilhões. O valor é o maior da série histórica, e o principal motivo da piora da expectativa são gastos para conter a crise de saúde e econômica.

Em duas semanas de crise econômica, o EUA registrou perda de 10 milhões de empregos no país. Essa foi a maior perda semanal de empregos da história dos EUA, reerguendo o medo da ocorrência do maior choque econômico desde a crise de 29.

A pandemia mundial impactou diversos setores da economia, alguns positivamente e outros negativamente. As imagens abaixo ilustram a expectativa de impacto da crise em diferentes indústrias ao longo de 2020 e início de 2021.

Novas Recomendações P4G

  • Continuar mantendo o foco na gestão do caixa, negocie linhas de crédito com o seu banco para garantir a liquidez do negócio com uma visão de pelo menos 6 meses;
  • Manter resiliência na manutenção dos negócios, a crise vai passar;
  • Manter comunicação transparente e direta com as equipes, especialmente as remotas, buscando elevar a moral da equipe;
  • Monitorar a produtividade da equipe, designar iniciativas e atividades importantes para os colaboradores garantindo o engajamento. Ex: analises e planos que no dia a dia não são priorizados
  • Registrar as melhores práticas de gestão deste periodo e adaptá-las para o momento de retomada. Ex: Home oWffice pode resolver parte do problema de espaço;
  • Revisitar o seu orçamento, assumindo a premissa de perda de receita neste ano. Isso vai trazer uma visão de como acomodar os custos fixos;
  • Fazer um plano para retomada das atividades. Quem estiver melhor estruturado vai capturar mais oportunidades;
  • Acompanhar as medidas do governo para suporte as empresas;
  • Continuar com o foco na preservação da saúde, inclusive a mental.

Escute o podcast “Diálogos FDC – Projeções de inovação nas organizações” com o nosso sócio Carlos Braga clicando aqui.

Para baixar o boletim completo em PDF, clique aqui.